(86) 3335-0086 | Expediente: Segunda a Sexta de 8h às 14h

Hino da Cidade

Leiva divina e abençoada
Ès Joca Marques cheia de esplendor
Na tua aurora fostes Mocambinho
De povo nobre e trabalhador

Nossa senhora de Fátima te abençoa
E São Domingos te dar proteção
E o teu povo varonil entoa
Cidade amada do meu coração

Joca Marques tu tem história
Tua riqueza é a tua gente
Teu porvir cheio de glória
Construímos no presente

Teu céu azul cheio de manhãs cristalinas
Tuas lagoas e tuas vazantes
Tardes de luz rebrilham nas retinas
Os teus canteiros de arroz verdejantes

O Paraíba é um presente sagrado
Te dar o peixe e rega e rega o teu chão
Fecunda o solo onde é plantado
O milho, o arroz, a mandioca e o feijão

Joca Marques tu tem história
Tua riqueza é a tua gente
Teu porvir cheio de glória
Construímos no presente

Chamando o gado aboiá o vaqueiro
Nas tuas mangueiras canta o sabiá
E o brincante sorrir prazeteiro
Dançando o boi nas noites de luar

Areias brancas formam tuas croas
Ardem os fornos lá nas farinhadas
As garças voam sobre as camboas
O gado berra em dia de vaquejada

Joca Marques tu tem história
Tua riqueza é a tua gente
Teu porvir cheio de glória
Construímos no presente

Sobre o Autor

Autor: Francisco das Chagas Bezerra Vale (Chagas Vale)
Formado em Música (UFPI)
Especialização: História Cultural
Natural do Povoado: Mocambinho
Hino Inspirado na Riqueza e na Beleza Natual da Cidade.

thesis presentation